O Ácido Úrico é o produto final da decomposição de ácido nuclueico nas células do corpo. Uma pequena quantidade ácido úrico é também produzida pela digestão de alimentos ricos em ácidos nucleicos, neste caso, purinas como miudezas e vísceras.

Grande parte do Ácido Úrico produzido no organismo é transportado pelo sangue até aos rins, os quais separam o ácido do sangue e eliminam-no através da urina.

Os rins de uma pessoa saudável mantêm os níveis de Ácido Úrico no sangue dentro de limites aceitáveis.

 

Aumento do Ácido Úrico (Hiperuricemia)

  - Indivíduos com esta doença têm dificuldade em eliminar o Ácido Úrico, produto final do metabolismo das purinas, pelos rins.

  -  Geralmente desenvolvem gota, doença que lembra a artrite, pela ocorrência de dores e rigidez nas articulações, edema (inchaço), calor e rubor.

  -  Níveis muito altos de Ácido Úrico na urina levam à formação de cálculos renais.

 

Alimentação Adequada

A alimentação é um dos aspetos a considerar no tratamento da hiperuricemia.

As pessoas que sofrem deste problema devem evitar consumir alimentos muito ricos em purinas, na medida em que estas contribuem para o aumento do Ácido Úrico no sangue.

Alimentos Permitidos

  -  Todas as frutas e sumos de frutas

  -  Massa, arroz, batata

  -  Óleos vegetais em quantidade moderada

  -  Pão integral

  -  Ovos

 Alimentos Pouco Recomendados

  -  Carne de vaca e de novilho

  -  Aves (frango, pato, perú)

  -  Coelho e carne de borrego

  -  Alguns mariscos e crustáceos

 Alimentos Proibidos

  -  Sardinha, bacalhau, salmão, camarão, lagosta e atum

  -  Miudezas e vísceras (fídago, rins, moelas, etc)

  -  Côco, nozes, castanhas, amêndoas, amendoins e avelãs

  -  Feijão, grão-de-bico, ervilha, trigo, lentinhas e anchovas

  -  Todos os grãos e sementes

  -  Carne de porco, toucinho, presunto e enchidos

 

Conselhos

  »  A melhor técnica culinária a utilizar nos alimentos com teor moderado de purinas é cozer em água, uma vez que a carne, o peixe e os legumes cozidos perdem grande parte das suas purinas na fervura.

  »  Deve seguir rigorosamente as indicações do seu médico e informá-lo sobre todos os medicamentos e vitaminas que tome.

  »  Ter uma dieta equilibrada e não muito rica em purinas.

  »  Beber muita água.

  »  Praticar exercício físico regularmente.

  »  Evitar o excesso de peso.